Avançar para o conteúdo

O que é um Broker? o que faz?

  • por
0
(0)

Para entender o que significa um broker, é importante entender o contexto onde esses profissionais se encaixam. Cada nicho de mercado exige negociações com diferentes perfis e, para atendê-los, é necessário que existam intermediadores habilitados para conseguir lidar com cada negociação e suas particularidades. Logo, surge a importância dos brockers para intermediá-las.

Mas o que significa “broker”?

Broker, em inglês, que é um termo derivado do frânces antigo broceur, é um termo utiizado para nomear pequenos comerciantes. Estes podem ser intermediários, como explicamos acima ou até mesmo corretores.

Ou seja, um broker pode ser uma pessoa física ou jurídica que irá intermediar negociações entre pessoas ou empresas e que recebe uma remuneração comissionada a partir do momento em que a negociação entre ambas as partes seja finalizada.

O que é um broker?

Como explicado anteriormente, um broker é o profissional que irá se envolver no processo de intermediação das negociações entre uma ou mais partes de uma venda. O termo se tornou popular nos Estados Unidos na décadá de 1980, quando os brokers, até então, eram chamados de “agentes de vendas”.

Já no brasil, os brokers são mais conhecidos como corretores, mas não são apenas corretores de imóveis, que é a primeira coisa que nos vem à cabeça. Existem diversas áreas onde um corretor pode atuar. Pois uma negociação pode ser relativa à venda de materiais, serviços ou até mesmo recursos financeiros. Listamos aqui, alguns dos mais tipos mais conhecidos de brokers do mercado:

1- Broker para instituições financeiras

Estes profissionais fazem parcerias com instituições financeiras. Em termos simples, os brokers fazem parcerias com bancos, fintechs, factorings, dentre outras instituições para impulsionar e facilitar o acesso destas empresas que atendem às soluções de crédito.

broker de financas
1- Broker para instituições financeiras

2- Broker de investimento

Nesta área, os brokers atuam no mercado de ações. Estes profissionais fazem a intermediação na compra ou venda das ações ou títulos. Após obter sua certificação, ele irá atuar como corretor de valores, ou agente autônomo de investimentos, e também é muito comum chamá-los de “stock brokers”.

3- Broker imobiliário

Esta é, talvez, a área profissional que mais faz sucesso entre os brokers. O mercado imobiliário. Mas o broker vai muito além do que apenas um corretor de imóveis, que intermedia a compra e venda de um imóvel. Pois existem algumas diferenças entre o broker e o “corretor comum”. O termo broker, nesta área, é utilizado para definir o corretor que não se limita em encontrar o imóvel certo para cada cliente e se destaca na profissão, se tornando, assim, um corretor completo.

Existem dois termos bastante utilizados no ramo imobiliário, o “Personal Broker” ou “Private Broker”, que é considerado um corretor exclusivo, com atendimento personalizado e que possui alto domínio e conhecimento no mercado em que atua e dos imóveis que apresenta.

broker imobiliario

O objetivo principal do Private Broker é oferecer um tratamento VIP aos seus clientes, uma consultoria sigilosa, segura e com privacidade absoluta em cada negociação. Este tipo de consultoria vem também com riscos, mas o profissional cuida para que o cliente não os sofra, assim como também identifica as principais oportunidade e melhores momentos do mercado.

Quanto ganha um broker imobiliário?

De acordo com pesquisas realizadas por uma empresa de recrutamento de profissionais, o salário médio de um broker varia de R$12 mil a R$50 mil por mês, dependendo da sua experiência e cartela de clientes.Além disso, o broker pode estar recebendo um bônus de 5 e 10 salários por ano.

Ou seja, um broker muito competente pode faturar facilmente R$1 milhão entre remuneração fixa e variável em um único ano, desde que seja um ano favorável para os negócios.

4- Brokers de comércio

Também conhecidos como agentes de vendas, estes brokers atuam na área industrial de distribuição ou do setor varegista. O trabalho destes profissionais na área é prestar serviços às industrias, intermediando as vendas, fazendo promoções, cuidando do merchandising, além de realizar pesquisas de mercado, crédito e também cobrança.

5- Broker Marítimo

Não é apenas em terra firme que os brokers atuam. No mercado marítmo esses profissionais também existem e são de extrema importância. Neste contesto, estes profissionais ou empresas, que são mais conhecidos como brokerage houses, são responsáveis por intermediar os enfrentamentos.

Ou seja, o broker irá atuar na ligação entre os afretadores e os armadores. Estes profissionais, em sua maioria, representam os remetentes das cargas em questão e os proprietários dos navios, logo eles também podem ser chamados de chartering brokers, freight brokers ou ship brokers.

Quanto fatura um broker marítmo?

Esta profissão costuma lucrar de acordo com as contribuições que o profissional faz em cada negociação. Podendo ser desde aproximar as partes interessadas na transação, podendo também atuar no aumento do valor desta negociação. Este valorpode começarentre 1% e chegar até os25% ou mais do valor total da venda ou compra intermediada.

Quão útil foi este post?

Clique sobre a estrela para Avaliar o post

O que você achou do Post? Te ajudei?

Siga-nos nas redes sociais!

Deixe um comentário

Index